Inicial Notícias Paulo Burmann comemora reeleição e planeja o futuro

Paulo Burmann comemora reeleição e planeja o futuro

8 min read
Comentários desativados em Paulo Burmann comemora reeleição e planeja o futuro
0
438

Foram menos de três horas de sono depois da vitória e o reitor reeleito da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Paulo Burmann, já estava de pé para atender os compromissos, especialmente com a imprensa.

A apuração terminou pouco antes das 4h de ontem, quando foi confirmada sua vitória com mais de 51% dos votos e, como consequência, mais quatro anos à frente de uma das universidades públicas mais importantes do Estado, que tem um orçamento de mais R$ 1,1 bilhão.

Os dias que antecederam a vitória foram intensos e de sentimentos opostos para o dentista formado na própria UFSM. Faltando cinco dias para o início da eleição, ele perdeu a mãe, dona Adelia Brumann, em Catuípe.

Já na quarta-feira, ele completou 59 anos, mas o presente mais esperado só chegou nas primeiras horas do dia seguinte, quando foi divulgado o resultado do pleito e seus apoiadores cantaram parabéns no CTG Sentinela da Querência, onde ocorreu a apuração dos votos. Ontem, ele ainda dividiu os compromissos de reitor com a questão familiar. Ao final da tarde, ele participou da missa de 7º dia da mãe na Igreja do Bonfim.

– Foram (dias) intensos e de muitas emoções. Minha mãe era uma figura referencial, foi o ponto do equilíbrio, mãe de cinco filhos. Mas é vida que se segue – comentou Burmann, que perdeu o pai há 21 anos.

Pertencente a uma família de trabalhistas e filiado ao PDT, Burmann é o segundo reitor a ser reeleito na história da UFSM – o primeiro foi Paulo Sarkis. Mas até chegar ao cargo mais alto da instituição, foi uma longa trajetória e de muita persistência. Professor desde 1989 na universidade, ele concorreu três vezes consecutivas até ser eleito reitor, em 2013.

– Nunca foi meu projeto de vida ser reitor da UFSM, encaro como uma missão – afirmou ele, acrescentando que ¿não há nenhuma vantagem salarial.¿

Foto: Gabriela Perufo / NewCO

Como é professor titular do quadro, Burmann recebe uma CD (cargo de direção) no percentual de 60% no salário para desempenhar o cargo. Segundo o Site Transparência da UFSM, o salário bruto de abril foi de cerca de R$ 27 mil, mas com os descontos, baixou para R$ 20,8 mil.

Já a reeleição, segundo suas palavras, foi o reconhecimento do trabalho feito nesses quatros anos. Comparada à consulta de 2013, a disputa deste ano foi mais fácil. Na época, ele obteve 46,80% (ao lado do vice Paulo Bayard), e o então reitor, Felipe Müller, 35,3%.

Sorridente e ainda saboreando a vitória, ele já se prepara para os desafios que vêm pela frente. Com cortes no orçamento da UFSM, o reitor reeleito, que assumirá o novo mandato em dezembro, pretende intensificar a pressão no Ministério da Educação pela liberação de recursos para evitar paralisação das obras e não afetar o próprio funcionamento da instituição. Ontem à tarde, teria uma videoconferência com o ministério sobre o tema.

– É uma batalha, desde 2014 convivemos com cortes – desabafa Burmann.

Em meio à situação financeira da instituição, o reitor reeleito foca na reforma administrativa e na definição da equipe. Burmann avisa que haverá alterações – hoje são entre 35 e 40 cargos de confiança contabilizando as oito pró-reitorias. O novo vice-reitor, o diretor do Centro de Tecnologia, Luciano Schuch, 43 anos, que ele ainda não tinha encontrado depois da comemoração, deve ter papel estratégico na equipe.

– A vinda do Luciano representa uma nova visão – avalia.

LUGARES PREFERIDOS 

Nascido na Região Noroeste e pertencente a uma família de cinco irmãos, o reitor reeleito é um santa-mariense de coração. Depois de se formar em Odontologia pela Federal, ele voltou para Catuípe, retornando a Santa Maria, em 1989, na condição de professor. Casado e pai de três filhos, tem dois lugares preferenciais no Coração do Rio Grande e que costuma circular. O próprio campus da UFSM, onde gosta de dar umas voltas de bicicleta, e o Calçadão, para tomar um cafezinho e encontrar os amigos.

– O campus é belíssimo – elogia o reitor reeleito.

Na próxima quarta-feira, a comissão eleitoral entrega o resultado ao Conselho Universitário, que envia a lista tríplice ao Ministério da Educação. Cabe ao MEC confirmar o reitor.

Carregar mais notícias relacionadas
Load More By Rodrigo Aires
Load More In Notícias
Comments are closed.

Veja também

Incêndio destrói casa no Bairro Lorenzi

Uma casa foi destruída por um incêndio no Bairro Lorenzi, na noite desta terça-feira. O Co…